segunda-feira, 11 de abril de 2011

O VALOR DE UM PASTOR


pastor



Pr. Cleber Montes Moreira

  1. O valor de um pastor não é medido por sua popularidade, poder de persuasão ou quantidade de pessoas que atrai, mas sim por seu caráter e fidelidade a Deus (Jo 6.66 e 67);
  2. O valor de um pastor não é medido pela aprovação de homens, mas pela aprovação de Deus. O pastor é segundo o coração de Deus e não segundo o coração dos homens (Jr 3.15);
  3. O valor de um pastor não é medido pelo tamanho de sua igreja, mas por suas qualidades éticas, morais e espirituais;
  4. O valor de um pastor não é medido pelo volume das entradas financeiras de sua igreja, mas por sua capacidade de suprir seu rebanho com a Palavra de Deus. Há pastores que se preocupam com a lã. Há pastores que se preocupam com as ovelhas.
  5. O valor de um pastor não é medido pelo salário que ganha, mas pelo serviço que presta;
  6. O valor de um pastor não é medido por sua capacidade política e de articulação, pois muitas vezes ele deixa de ser “politicamente correto” para permanecer justo e reto diante de Deus;
  7. O valor de um pastor não é medido pelos cargos que ele ocupa na denominação, mas pelo serviço que presta à Obra de Deus;
  8. O valor de um pastor não é medido pela satisfação de seus ouvintes, mas por sua pregação coerente aos valores do evangelho bíblico capaz de transformar vidas. A sua mensagem, ao invés de massagear o ego humano, às vezes desagrada por confrontar o ouvinte com a verdade;
  9. O valor de um pastor não é medido pelo seu poder ou status, mas por sua submissão e obediência a Deus;
  10. O valor de um pastor não é medido por sua autossuficiência. O poder de Deus se aperfeiçoa na fraqueza de homens que às vezes julgamos fracos e incapacitados (2ª Co 12.9);
  11. O valor de um pastor não é medido por sua condição física, mas por sua condição espiritual;
  12. O valor de um pastor não é medido pela quantidade de amigos ou pessoas que o rodeiam, mas sim por seu amor às pessoas;
  13. O valor de um pastor não é medido pelos seus discursos, mas pela autoridade de seu viver (Mt 7.9);
  14. O valor de um pastor não é medido pelo crescimento quantitativo ou não da membresia de sua igreja, mas pelas transformações que suas mensagens geram em seus ouvintes. Há por aí templos cheios de pessoas perdidas, e igrejas pequenas onde pessoas experimentam a salvação em Cristo;
  15. O valor de um pastor não é medido pelo seu poder de empolgar sua igreja ou plateia, pois seu chamado é para pastorear e não para “animar” auditório;
  16. O valor de um pastor não é medido pelas crises que passa ou deixa de passar, mas pela maneira como se comporta em momentos difíceis;
  17. O valor de um pastor é medido por critérios divinos e não humanos.
  18. O pastor é dependente de Deus, e não de homens;
  19. O pastor é homem frágil e pequeno, por meio do qual Deus realiza coisas grandes e extraordinárias;
  20. O pastor sabe que seu chamado é para pastorear e não para gerir empresas; ele não se preocupa com números mas com a saúde de suas ovelhas;
  21. O verdadeiro pastor não se “contextualiza” ao mundo, mas se esforça para tirar vidas do mundo;
  22. O pastor de valor forma valores;
  23. Se você tem um pastor, agradeça a Deus, ore por ele e ame-o!
Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil (Hb 13.17).

11 comentários:

  1. Caro colega e pastor Cleber Montes Moreira,

    Parabéns pelo excelente texto. Já fiz em meu blog, mas agora repito aqui no seu: Me perdoe pela falha involuntária quanto ao crédito devido ao irmão, quando da publicação do referido texto em meu blog. O nome que lá publiquei estava na fonte conforme citado. Estou comunicando ao editor do blog, de onde copiei o texto.

    Um grande abraço!

    Seu conservo em Cristo,
    Pr. Carlos Roberto

    ResponderExcluir
  2. SHALON ADONAI! Na verdade o dia do pastor é bom ser lembrado, com orações e bençãos. O meu pastor nao faz nada, nadinha, mas tem uma paciencia de Jó e Moises, todos os dias tem restauração, na luta em espritualizar a igreja e afasta-la das más influencias. HALLELUJAH.

    ResponderExcluir
  3. Olá Pr. Cleber Montes
    Excelente texto. Tomei a liberdade de postá-lo em meu blog. Riquíssimo. Abraços.
    http://www.thayronsabino.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Olá irmão, pastor Cleber:
    Espalhei por muitos endereços e espero que venham aqui no seu Blog agradecer pelo seu precioso texto!
    Que sejam aproveitadores semelhantes a mim, e, além de repassar dando o devido crédito, apareçam na fonte, aqui, para expor a gratidão e para lhe parabenizar o autor a quem Deus abençoou.
    Aproveito para desejar um excelente dia do pastor.
    Que as ovelhas que o Senhor Jesus Cristo lhe entregou sejam gratas pela sua instrumentalidade em suas vidas.
    Deus nos abençoe e use!
    Henri.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, meu caro Henri. Deus te abençoe ricamente.

      Excluir
  5. Parabéns, pastor Cleber, pelo texto! Muito bom, mesmo!

    Sou esposa de pastor (e não pastora, como alguns tentam me chamar), e vejo nisso um grande privilégio e responsabilidade, pois tenho uma grande missão, que é a de auxiliar meu marido para que tenha um abençoado ministério, onde quer que atue.

    Parabéns para o senhor também, pelo Dia do Pastor!

    Abraço, Simone Trapp.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amado colega Pr. Cleber. Este texto é sem dúvida muito oportuno nos dias que estamos vivendo; bom que ele fosse lido por muitos pastores, para chamá-los à realidade dos "ultimos dias". E também, lido por "pastores" que estão descaracterizando as denominações históricas, principalmente a batista. Parabéns, um forte abraço do colega,Pr. Haroldo

      Excluir
    2. Muito obrigado pelo carinho. Deus abençoe ricamente!!!

      Excluir
  6. Prezado Pr. Cleber.
    Quero pedir perdão ao irmão pelo meu equívoco. Desde o dia 02 de Junho de 2011 compartilhei no meu Blog um texto em homenagem ao Dia do pastor que acreditava ser de autoria do Pr. Joaquim de Paula Rosa. http://prdennermaia.blogspot.com.br/2011/06/o-valor-de-um-pastor-para-o-dia-do.html
    Peço que o irmão me confirme que o texto é realmente de sua autoria para que retifique o artigo citando-o como verdadeiro autor deste lindo texto que tem sido um dos mais acessados no meu Blog.
    Aguardo seu retorno reiterando minhas escusas por este equívoco.
    Sinceramente
    Pr. Dener Maia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o texto é de minha autoria. Abraços e desculpe a demora em responder.

      Excluir
  7. Parabéns Pastor Cleber pelo belíssimo texto que em muito nos edificou!Que Deus continue abençoando sua vida ricamente!Abraço!

    ResponderExcluir