segunda-feira, 5 de junho de 2017

AVANÇAR É POSSÍVEL

biblia


Pr. Cleber Montes Moreira

“Por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem.” (Êxodo 14:15 – leia todo o capítulo 14)


O povo subiu da terra do Egito e, por orientação divina, estava acampado em Pi-Hairote, entre Migdol e o mar, diante de Baal-Zefom. O coração do Faraó estava endurecido e disposto a perseguir a Israel. Assim, colocou todo o seu poderoso exército e seu aparato militar em seu encalço. Quando os filhos de Israel viram que os egípcios vinham atrás deles, e que pela frente estava o Mar Vermelho, temeram muito e começaram a reclamar. Era uma situação para a qual não havia, do ponto de vista humano, nenhuma saída. A razão humana não poderia cogitar nenhum enfrentamento, de igual para igual, nenhuma estratégia ou escape para o povo: Israel era nada diante do grande exército; era incapaz e impotente ante o terrível inimigo. A morte já era dada como certa. Era um caso sem solução. Entretanto, a ordem de Deus, dada a Moisés, foi: “Dize aos filhos de Israel que marchem.” 

Quando analisamos a situação do povo sob a perspectiva humana, corremos o risco de pensar na Palavra de Deus como uma grande loucura. Marchar? Para onde? Como? Mas, é exatamente num cenário como este que a fé deve entrar em ação, e fé é crer no que não se pode ver, é confiar que Deus pode fazer aquilo que para o homem é impossível, que para tudo Ele tem um propósito e que a finalidade é sempre a glorificação de Seu Santo Nome. É bom lembrar que Israel estava no lugar para onde o próprio Deus o conduzira.

Por vezes, também lidamos com fraquezas, ameaças, crises, impossibilidades… Sentimos aperto e tristeza. Somos, muitas vezes, dominados pela incredulidade e admitimos, por antecipação, a derrota. No entanto, temos a Palavra Sagrada que nos desafia a marchar.  Sim, se sabemos que Deus tem algo a cumprir em nós, ou por meio de nós, precisamos avançar, ainda que não haja um caminho aberto diante de nossos olhos. Se atrás está o inimigo, se pela frente o mar, nossa atitude deve ser de fé e não de murmúrio, de confiança na Palavra que diz: “O Senhor pelejará por vós” (v. 14), pois “Se Deus é por nós, quem será contra nós? (Romanos 8:31). Se em nós não há poder algum, é exatamente em nossa fraqueza e impotência que Deus é glorificado (2 Coríntios 12:9).

Como Israel poderia pensar que tudo acabaria ali, no deserto, se Deus havia feito tão grande promessa? Como pensar que não há solução diante de certas circunstâncias, se sabemos que o Senhor tem um plano para realizar em nós, ou por meio de nós? 

Os crentes precisam avançar! A Igreja precisa avançar! Avançar é a ordem que nos foi dada. Pode parecer loucura, mas Deus quer que avancemos e, se obedecermos, no seu tempo abrirá o mar; converterá o desespero em esperança, a fraqueza em confiança, o tremor em quietude, a angústia em paz, o impossível em milagre… Basta confiar e obedecer! 

A lição que aprendemos do deserto é que avançar é possível, não pela nossa força, criatividade, capacidade de superação, mas pela fé, somente. É como disse Jesus a Marta, irmã de Lázaro: “Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus?” (João 11:40). Israel viu a glória de Deus, nós também podemos ver! Não duvide, creia e obedeça!

Nenhum comentário:

Postar um comentário