sábado, 6 de fevereiro de 2016

DEUS NO CONTROLE

Pr. Cleber Montes Moreira


“Por isso digo: vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne.” (Gálatas 5:16)


Um conhecido postou, numa rede social, uma foto interessante de um carro velho, com um adesivo onde se lê: “Deus está no controle”. O detalhe é que nela o automóvel aparace enfiado na parede de uma casa. Ou seja, perdeu o controle e bateu contra a edificação, fazendo nela um buraco. Na linha de comentários, uma pergunta: “Será?”

A publicação bem humorada deve nos levar a uma séria reflexão: Deus está realmente no controle de nossas vidas? Quantos que se identificam como cristãos, falam como cristãos, citam textos bíblicos, falam de Jesus, usam adesivos nos carros, camisas com dizeres evangélicos, plaquinhas em suas casas, proferem frases de efeito, cantam músicas gospel, e fazem tantas outras coisas? Porém, em algum momento, perdem a cabeça no trânsito, cedem a uma tentação, negociam princípios, obtém vantagens ilícitas, desrespeitam regras, burlam leis, e fazem tantas outras coisas das quais deveriam se envergonhar. Deus deveria estar no controle, mas quem comanda é o homem que sacia os desejos da carne.

Esses dias alguém veio me oferecer um sistema de TV pirata. Claro que recusei. A pessoa insistiu, e quis apresentar os benefícios do produto. Retruquei: Mas é ilegal! A resposta foi: “Mas, neste país, quem não faz isso?” Diante da insistência tive que apresentar um argumento sólido e definitivo: Não, obrigado, eu sou cristão. Assim encerramos o assunto. Porém, fiquei a pensar: quantos “cristãos” não aceitam certas propostas?

Ninguém é perfeito, entretanto, todos têm, diariamente, a oportunidade de colocar ou não Deus no controle de suas vidas. Ser governado por Deus é viver guiado pelo Espírito Santo, e Ele não toma a direção sem o nosso consentimento.

Não basta ter aparência de cristão, é preciso reproduzir no viver, pelo poder do Espírito de Deus, o caráter de Cristo. Caso contrário, seremos como aquele carro velho e desgovernado, prontos para fazer estragos.


Um comentário:

  1. Amém!

    Na verdade amados "DEUS", sempre está no controle da situação. Mas nós é quem damos direção a nossa vida, não é "DEUS", que fará isto por nós! Como ele certa vez disse em: Lc 16:29 - "Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos"... Sua palavra é um marco para que venhamos a seguir e é com esta palavra que ele controla todas as coisas, mesmo permitindo algo que ele não se agrada, mas suas decisões, não irão mudar como
    muitos defendem e muitos usam até o Livro do Profeta Jonas para justificar isto... Por este motivo sabemos que existe a vontade permissiva de "DEUS", mesmo que ele não se agrade disto e a Soberana, que é a que ele tem que tomar, independente de ele nos amar ou não e sabemos que ele nos ama...

    Veja Amados! Sempre foi propósito de "DEUS", que aquele povo, os Ninivitas se convertesse, mas ele os mataria-os sim se eles não se convertesse, era parte do plano Divino ele não voltou atrás e não arrependeu-se como muitos defendem, só uma natureza caída tem motivos para se arrepender, aliás! Deveria se arrepender mais... Ver: Ez. 33:11 - "Dize-lhes: Vivo eu, diz o Senhor DEUS, que não tenho prazer na morte do ímpio, mas em
    que o ímpio se converta do seu caminho, e viva. Convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos; pois, por que razão morrereis, ó casa de Israel?" Ez. 18:23 - "Desejaria eu, de qualquer maneira, a morte do ímpio? diz o Senhor DEUS; Não desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva?" e em, Ez. 18:32 - "Porque não tenho prazer na morte do que morre, diz o Senhor DEUS; convertei-vos, pois, e vivei."... Ir. Rogério Silva (84)

    99120-9471

    ResponderExcluir