sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

ESCOLHA SUAS SEMENTES

"Semeai para vós em justiça, ceifai segundo a misericórdia; lavrai o campo de lavoura; porque é tempo de buscar ao Senhor, até que venha e chova a justiça sobre vós.” (Oseias 10:12)


Pr. Cleber Montes Moreira


Alguma vez você pensou em como seria bom se fosse possível começar tudo de novo? Fazer o que não fez, aproveitar oportunidades perdidas, fazer outras escolhas, não cometer os mesmos erros, fazer novos planos, estabelecer alvos melhores… Quantas coisas você mudaria em sua história? É, mas o tempo que passou não volta mais, o que ficou no passado não pode ser mudado. Entretanto, podemos viver o presente com uma visão diferente, um novo ânimo, uma nova determinação e, na dependência de Deus, construirmos um futuro melhor. O hoje é a oportunidade que temos para fazer algo novo.

Embora a maioria das pessoas ambicione colher o que nunca plantou, a lei da semeadura é clara e imutável: “Porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará” (Gálatas 6:7). O que plantarmos hoje determinará a colheita de amanhã. Por isso Robert Louis Stevenson nos adverte: “Não julgue cada dia pela colheita que você obtém, mas pelas sementes que você planta.” Gabriel Morini afirma: “A vida não é feita de destino, mas sim de consequências. Tudo o que planto hoje é o que colherei amanhã.” E um provérbio chinês diz: “Podemos escolher o que plantar, mas somos obrigados a colher o que semeamos.”

A virada de ano é sempre vista como um recomeço. Assim podemos dizer que estamos diante de uma nova estação de plantio. Talvez, na temporada anterior, você não tenha semeado apenas boas sementes. Agora você tem uma nova oportunidade, dada por Deus, para fazer diferente. Prepare a terra, escolha suas sementes. Que sejam sementes boas, selecionadas, para que a colheita seja de abundante alegria. Semeie no Espírito, e não na carne e, enquanto há tempo, faça o bem (Gálatas 6:8,9).


Nenhum comentário:

Postar um comentário