quarta-feira, 11 de novembro de 2015

UMA PALAVRA SOBRE OS ACONTECIMENTOS POLÍTICOS ATUAIS

Pr. Cleber Montes Moreira


O PSDB se reuniu para decidir sua posição em relação a Eduardo Cunha. A decisão tomada nesta reunião foi a seguinte: O partido se posicionará favorável à cassação de Cunha, entretanto se oporá a este expediente caso o deputado trabalhe pelo impeachment de Dilma.

Esta decisão tucana só reforça o que já tenho dito. O PSDB não é partido de oposição, mas de conveniência. Ele se opõe àquilo que é contrário a seus interesses, mas se vende quando lhe convém. PSDB e PT, bem como toda esquerda brasileira, é farinha do mesmo saco. E mais que isso: A corja política que aí está, eleita com o voto do povo, está lá não pelos interesses dos eleitores, mas pelos seus próprios. Com raríssimas exceções, são todos ladrões, mal feitores, delinquentes, protegidos por uma tal de “imunidade pra lamentar”. Enfiaram o Brasil numa crise que parece não ter fim, que só piora a cada dia. O sistema político brasileiro é uma vergonha.

Em relação aos caminhoneiros, Dilma resolveu endurecer, aumentando os valores das multas e prometendo usar a força da Guarda Nacional. Ah, como eu gostaria de ver este mesmo expediente sendo usado, com o mesmo rigor, para o MST e demais movimentos (im) populares que fazem todo tipo de desordem neste país. Em terras brasileiras os contemplados são os criminosos, e cresce a cada dia a convicção de que o crime compensa. Principalmente se for cometido por políticos ou por grupos à eles ligados. Dá vergonha de dizer que sou brasileiro!

O tsunami de lama podre que atingiu o Brasil é uma tragédia sem precedentes, com prejuízos infinitamente maiores que causados pelo rompimento das barragens de Mariana/MG.

Sinceramente? Acho que não há solução. Povo que “vota com a barriga”, por “ajudinha”, “boquinha”, e outros motivos, não merece outra coisa além da que está posta. A corrupção lá de cima começa mais em baixo, e este povo que “gosta de levar vantagem em tudo” não sabe exercer o poder do voto nem reconhece o valor da democracia. Em virtude disso, dá má escolha, estamos debaixo de uma ditadura bem pior que o regime militar.

Diante do exposto, pra mim só há um consolo: eu não pertenço a este lugar! “Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo” (Filipenses 3:20).

Desculpem o desabafo, mas é assim!

Abraços e um bom dia a todos. Bom dia mesmo, já que nossa fonte de contentamento está além do que nossa vista alcança.