sábado, 25 de abril de 2015

EVANGELHO ABRACADABRISTA

Pr. Cleber Montes Moreira


Há pessoas que quando querem emagrecer, optam por dietas, remédios e até cirurgias para conseguirem seu intento. Mas, um pastor de Cariacica, na Grande Vitória, virou notícia em vários jornais por causa da promessa de "emagrecimento instantâneo", que ficou conhecido popularmente por "lipoaspiração divina". Disse o religioso, em entrevista a um jornal: “Alguns estão acima do peso por problemas na tireoide e hipófise, mas já escutei o testemunho de fiéis que sentem como se tivessem passado por uma cirurgia e ficam até com cicatriz. Deus foi o cirurgião". Segundo ele, os fiéis que recebem a oração sentem como se ficassem anestesiados, entram em sono profundo, e, quando acordam, já estão mais magros.

Quando tomo conhecimento de episódios como este, seja pelos jornais, pela TV ou outras fontes, logo penso numa palavra: ABRACADABRA! Minha conclusão é que muita gente é iludida por um evangelho abracadabrista.

Segundo o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, “abracadabra” significa: “1. Palavra cabalística a que se atribuía a virtude de curar moléstias. 2. Amuleto com essa palavra inscrita. 3. [Figurado] Crença supersticiosa no poder dessa palavra. 4. Fórmula pronunciada geralmente na crença de que invoca poderes mágicos ou sobrenaturais. 5. Palavra ou expressão que não se percebe.” Conforme o Dicionário Web: “Palavra mágica, a que os antigos atribuíam a virtude de curar moléstias várias, e cujas letras deviam ser escritas em triângulo, de modo que pudesse ser lida de todos os lados.” Hoje, é uma palavra à qual se atribuem poderes mágicos. É bastante usada como palavra de encantamento por mágicos, ilusionistas, encantadores, feiticeiros etc. Provavelmente você já a tenha encontrado num livro, escutado num filme ou desenho animado e, talvez, a proferido durante alguma brincadeira de criança. Já "abracadabrista" diz respeito a “que ou pessoa que pratica abracadabra”.

O evangelho abracadabrista é cheio de magia e encantamentos: “Abracadabra”, e o doente é curado; “Abracadabra”, e a vitória é decretada; “Abracadabra”, e o espírito mal é amarrado; “Abracadabra”, e o sonho é interpretado; “Abracadabra”, e uma nova “profecia” é revelada… “Abracadabra” para emagrecer; “Abracadabra” para deixar de fumar; “Abracadabra” para prosperar; “Abracadabra” para arranjar marido”, “Abracadabra” para trazer o amor de volta em sete dias etc. O que muda, infelizmente, é a palavra de ordem para que a magia ou milagre se realize: O nome santo de nosso Senhor Jesus! Sim, o nome precioso de Cristo tem sido vilipendiado por aqueles que o tomam indevidamente. “Em nome de Jesus” é a frase predileta de bruxos, disfarçados de “homens de Deus”, que estão por aí enganando gente incauta. Não é sem motivo que o próprio Cristo tenha dito: “Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores” (Mateus 7:15). E, ainda: “E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos” (Mateus 24:11). Eles não são enviados de Deus, embora profetizem falsamente em seu nome (Jeremias 27:15). Eles não merecem crédito, mas desprezo!

Não se iluda, caro leitor, o verdadeiro evangelho não é mágica nem encantamento, mas o poder de Deus para a salvação (Romanos 1:16). Não consiste em instrumento para a realização da vontade humana, mas na Palavra Viva e transformadora de vidas que se rendem a Cristo. O engano escraviza, mas a Verdade liberta. Pense nisso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário