segunda-feira, 3 de novembro de 2014

BOM É TER A ESPERANÇA QUE NÃO MORRE


Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor.” (Lamentações 3:26)

Pr. Cleber Montes Moreira

Tenho um colega que vive repetindo: “Bom é ter esperança.” Conrad de Meester disse: “A maior motivação de todas é ter esperança, pois esta é cheia de confiança. É algo maravilhoso e belo, uma lâmpada iluminada em nosso coração. É o motor da vida. É uma luz na direção do futuro...” Eu, porém, digo que quem não tem esperança não tem futuro. Quem não tem esperança está morto, pois já se entregou ao fracasso.

Segundo os dicionários 'esperança' significa “sentimento de quem vê como possível a realização daquilo que deseja, confiança em coisa boa, fé.” Assim sendo, ter esperança é confiar que algo que se deseja, que se espera, que se necessita, que foi prometido, acontecerá.

Penso que a questão maior, no entanto, não é ter ou não esperança, mas o que se espera e de onde, de que ou de quem se espera. Os salvos vivem “Em esperança da vida eterna, a qual Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos tempos dos séculos” (Tito 1:2), e esta esperança está firmada naquele que tudo pode: “Ó minha alma, espera somente em Deus, porque dele vem a minha esperança” (Salmos 62:5).

Alguns acreditam que “A esperança é a última que morre”. Eu afirmo, com convicção, que em Deus temos uma esperança eterna. Por isso, somente o salvo sabe e pode dizer com propriedade: “Bom é ter esperança.” Sim, bom é ter a esperança que não morre!

Nenhum comentário:

Postar um comentário