quarta-feira, 20 de julho de 2011

NOSSOS IRMÃOS?

Pr. Cleber Montes Moreira

Recebi, recentemente, um e-mail de uma deputada federal, da bancada evangélica, prestando contas de seus primeiros meses de mandato. Nele ela falava de suas “vitórias”, dentre elas a não aprovação (por enquanto) do PL 122 e a não distribuição dos denominados kits gays nas escolas, o que promoveria o homossexualismo entre os alunos do ensino fundamental. No entanto, no texto elaborado por ela e/ou sua equipe, os homossexuais foram chamados de “nossos irmãos”. A frase diz exatamente assim: “Nada tenho contra os nossos irmãos homossexuais, mas o kit estimulava a promiscuidade e o homossexualismo dentro das escolas. ”

Irmãos homossexuais? Irmão é um tratamento usado entre pessoas nascidas do mesmo pai e da mesma mãe, ou entre pessoas que professam a mesma fé religiosa. Este tratamento era comum entre os crentes primitivos, e foi usado por vários escritores do Novo Testamento (Ex.: 1ª Coríntios 16.20).

Ainda hoje, como cristãos, chamamos um ao outro de irmão. Reconhecemos que há entre nós um parentesco espiritual; somos filhos de Deus pelo novo nascimento, e coerdeiros de Cristo: “O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e coerdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados” (Romanos 8.16 e 17).

Este vínculo, o de irmão, envolve tanto a filiação quanto a obediência a Deus. Ou seja, ninguém é filho de Deus e irmão dos crentes se não for nascido de novo e não tiver a Cristo como Senhor. O próprio Jesus foi quem ensinou que “qualquer que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus, este é meu irmão, e irmã e mãe” (Mateus 12.50). Portanto, é a Bíblia quem diz e não eu. Isto não é um “preconceito”, mas um conceito com base na Palavra de Deus. 

Conforme exposto, à luz do que ensinam as Sagradas Escrituras, não posso ser irmão de alguém que professa uma fé diferente e que não tenha a Cristo como Senhor e Salvador. Não posso ser irmão de quem vive em desacordo com o evangelho. Diz a Bíblia: “Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?” (Amós 3.3). 

Aos homossexuais, como cristãos, devemos nosso amor, respeito, compaixão, orações e a pregação do evangelho de Cristo. À deputada, com todo respeito, fica aqui uma advertência: cuidado com o palavreado polido, politicamente correto, mas em desacordo com a Bíblia, pois é a Palavra de Deus que diz “se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens” (Mateus 5.13).

Em 12 de julho de 2011

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário