quarta-feira, 1 de abril de 2009

NOVO SABOR: VAI EXPERIMENTAR?

E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.”

(Romanos 12.2)

Conforme notícia veiculada recentemente na mídia, o Rashtriya Swayamsevak Sangh (RSS), um dos mais notórios grupos culturais hindus, desenvolveu, na Índia, um novo refrigerante que tem sido considerado uma alternativa "saudável" aos já existentes no mercado. A nova bebida, fabricada na cidade sagrada de Haridwar, foi batizada de Gau Jal (Água de Vaca), justamente por ser produzida a partir da urina do animal. Informações dão conta que a bebida não terá o odor da urina, será gostosa, saudável, sem toxina e terá vários sabores.

Segundo o Portal Terra, “Os hindus idolatram as vacas por conta de seus derivados laticínios, mas muitos consomem também urina e fezes dos animais em bebidas e temperos por acreditarem nas propriedades curativas dos excrementos. Em algumas regiões, esterco e urina de vaca são vendidos em mercados ao lado de leite e iogurte. Os produtos são ainda usados em pastas de dente e bebidas tônicas.”

A Intenção do fabricante é promover a crença nas propriedades curativas do xixi de vaca. Para isso, Om Prakash, diretor responsável pela bebida, explica que “a RSS trabalha agora para desenvolver métodos mais eficientes de armazenamento da bebida para que ela tenha uma data de validade maior e possa ser comercializada em outras regiões da Índia e até exportada.”

A Índia conserva costumes primitivos, geralmente ligados à religião. Beber refrigerante feito de xixi de vaca não é pior que mergulhar no rio Ganges, considerado sagrado, aonde o esgoto da cidade é jogado sem tratamento, ou que beber as águas em que as cinzas dos mortos que passam pelo ritual de cremação são jogadas, ou mesmo corpos inteiros. Tente imaginar a cena de uma pessoa se banhando ao lado de um corpo em decomposição.

Provavelmente, ao ler isso, você já tenha esboçado “uma cara de vômito”. Não é pra menos! Em nossa cultura nos preocupamos muito com a assepsia do corpo, o que está correto, mas nem sempre há o devido cuidado com a mente. O xixizinho que entra pela boca pode causar náusea e fazer mal ao corpo, mas o que dizer de excrementos que todos os dias são digeridos por milhares de mentes no horário nobre da TV? São crendices e conceitos milenares que destroem valores, combatem a família, tomam o lugar do culto doméstico, viciam e afastam pessoas do evangelho. Jesus explica que “não é o que entra pela boca que contamina o homem; mas o que sai da boca, isso é o que o contamina” (Mateus 15.11). É certo que o que sai pela boca é o que está na mente e no coração, e que se sai é porque de algum modo entrou. “Caminhos da Índia” é, de certa forma, caminho para longe de Deus.

Pr. Cleber Montes Moreira, em 01/04/2009

Fonte de pesquisa: Portal Terra

Um comentário:

  1. Boa Noite Clebim. Pois bem concordo plenamente com suas palavras pois cada dia que se passa a televisão entra em nossos lares com informações que contradizem com os mandamentos de Deus!!!Mais temos que ser persistentes e continuar a lutando em propagar a palavra de Deus para o mundo inteiro.Meiri

    ResponderExcluir