domingo, 25 de novembro de 2007

Vidas em Ação em Tubiacanga, Natividade-RJ - 2005

Texto escrito por: Rosângela Carvalho Ferreira


Quando chegamos em Tubiacanga, em 24 de março de 2005, fomos recebidos por crianças que, espalhadas pelas ruas, ostentavam cartazes de saudações. Foi algo emocionante! Dali por diante sentimos a maravilhosa graça de Deus e o quanto nossa presença seria importante naquela localidade. Tínhamos a responsabilidade de cativar aquelas almas e levá-las a Jesus Cristo, e nesse sentido nos esforçamos, cada um na sua função, com o propósito de falar do amor de Deus, de Sua misericórdia, da Salvação por meio de Jesus.

Durante aqueles dias vivenciamos coisas que, de certa forma, não fazem parte de nossa realidade. É uma comunidade muito carente, principalmente no aspecto material. Foi gratificante constatar que o trabalho que está sendo realizado pela Congregação Batista, há quase 6 meses, está dando muitos frutos.

Nossa equipe de evangelismo foi acessorada por irmãos que, incansáveis, estavam sempre dispostos a nos acompanhar durante as visitas aos lares, e, na distribuição de folhetos.

Os cultos realizados nas noites de sexta a domingo, contaram com a participação de muitos visitantes, os quais ouviram da graça salvadora de Cristo. Durante a visitação aos lares, 16 pessoas se manifestaram por Jesus, como Salvador, e outras 2 no culto de domingo à noite, quando várias outras pessoas foram à frente confirmando as decisões feitas nos lares. A Deus toda honra e glória!

Sentimos, para nossa alegria, o envolvimento total da PIBI. Fomos sustentados pelas orações dos irmãos, abençoados com a liberalidade daqueles que doaram os pães para que pudéssemos preparar o cachorro-quente das crianças, por aqueles que doaram roupas e calçados para o bazar da Congregação Batista de Tubiacanga, por aqueles que contribuíram com 1, 2, 3, 4 ou 5 reais para a compra de pipoca, balas, doces, etc. Nossos jovens demonstraram sua força sendo incansáveis, batalhadores, durante as visitas, o louvor, o teatro, etc. A eles deixamos nossos parabéns!

Nosso hino, composto pela irmã Ábila, que por sinal é lindo, foi cantado pela comunidade. Foi maravilhoso ouvir o povo cantarolando o refrão de nosso cântico oficial.

Nossos jovens que lá estiveram, assumiram o compromisso de prestarem uma assistência, de vez em quando, àquela Congregação. Afinal, se sentiram responsáveis pelo que cativaram.

O Dr. Luciano, João e Rosângela também ficaram de voltar para cumprir parte da agenda que não foi concluída, por falta de tempo.

Por fim, agradecemos a todos quantos colaboraram para a realização de mais esta viagem missionária. Foi gratificante ver os irmãos envolvidos, seja na ação social ou na evangelização. Que Deus a todos retribua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário